Aproveite as férias em União da Vitória

17 jan

Conheça alguns pontos turísticos da cidade para visitar antes de as aulas começarem

 

União da Vitória é uma cidade localizada no extremo sul do Estado do Paraná. Conhecer a história da cidade é conhecer um pouco da história do Paraná e de Santa Catarina.  A cidade chamava-se Porto União da Vitória. Mas, após a Guerra do Contestado, ficou dividida em duas, uma para o Paraná e outra para Santa Catarina. A parte paranaense foi chamada União da Vitória e a parte catarinense Porto União. A linha férrea demarcou o limite entre as duas cidades.

Hoje, a cidade de União da Vitória é um polo regional de comércio e serviços e possui muitos atrativos turísticos relacionados à história dos dois Estados. Além disso, a cidade abriga imigrantes europeus, que conservam aspectos culturais como religião e gastronomia. Portanto, não faltam opções de turismo em União da Vitória. Seja para quem prefere estar na cidade ou na natureza. Conheça alguns deles!

 

Morro do Cristo

Imagem aérea do Morro do Cristo em União da Vitória

Foto: Aeroarte – Jaime Joly

Uma das principais atrações turísticas de União da Vitória é o Morro do Cristo. Nela, encontra-se uma estátua do Sagrado Coração de Jesus. A estátua possui 27 metros de altura. Seu pedestal tem 6 metros e abriga uma capela em seu interior. O Morro está a 928 metros acima do nível do mar. Seu acesso se dá por uma escadaria de 219 degraus.

 

Catedral Sagrado Coração de Jesus

Catedral Sagrado Coração de Jesus

Foto: Diocese de União da Vitória

Outro ponto turístico religioso em União da Vitória é a Catedral Sagrado Coração de Jesus. A Igreja teve sua pedra fundamental lançada e benta em maio de 1917. Foi inaugurada em 1926 e elevada à Catedral em março de 1977.

 

Estação União

Estação Ferroviária de União da Vitória

Foto: Visite União

No centro de União da Vitória uma visita indispensável deve ser realizada na Estação Ferroviária União. Ela tem uma parte no Paraná e outra em Santa Catarina, e estão unidas por um enorme arco. Segundo seu criador, representando a união do povo e da terra que foi dividida ao final do Contestado.

 

Ponte do Arco e Ponte de Ferro

Ponte do Arco

Foto: Visite União

A Ponte do Arco tem 279 metros e tem uma arquitetura que chama a atenção. Ela foi inaugurada em 1944 e recebeu o nome de Manoel Ribas, por ter sido dele a iniciativa da construção da ponte e da estrada que liga União da Vitória a Curitiba.

Outra ponte marcante em União da Vitória é a Ponte de Ferro, ou Ponte Machado da Costa. A conclusão da obra foi em 1907. A ponte possui 425 metros de extensão e foi construída na divisa entre União da Vitória e Porto União.

Ponte de Ferro

Foto: Visite União

 

 

Rota Sul das Cachoeiras

Agora, se você já conhece esses pontos turísticos no centro da cidade, que tal se aventurar pelo interior de União da Vitória e conhecer as belezas naturais da região?

Cachoeira Cintura de Noiva

Cachoeira Cintura de Noite. Foto: Visite União

A cidade possui belas cachoeiras, como a Campo Alto, com 50 metros de altura e Cintura de Noiva, com 40 metros de altura, além da Cachoeira da Gruta e Piscina. Também, é possível visitar a Gruta Nossa Senhora da Salete, uma igreja histórica Ucraniana e conhecer o Parque Histórico Iguassú. Na Rota Sul das Cachoeiras você ainda poderá visitar a empresa Breyer, a primeira empresa brasileira a lançar produtos a base de própolis.

 

Roteiro Cultural Ucraniano

Igreja Ucraniana

Igreja Ucraniana Sant’Anna.
Foto: Visite União

Se você é do tipo que gosta de roteiros culturais, essa visita irá te encantar. Os descendentes de ucraniano residentes em União da Vitória preservam as tradições de seus antepassados. Neste roteiro, é possível conhecer a Igreja Matriz de São Basílio Magno e o Clube Ucraniano. No Clube, os visitantes assistem apresentações musicais e de danças folclóricas ucranianas, além de apreciarem exposições de artesanato com pêssankas, bordados e porcelanas com decoração ucraniana. Para finalizar, o roteiro possui a opção de um jantar típico ucraniano com pratos como Bórsch, uma sopa de beterrabas, Varêneke\Perohê, que são pasteis cozidos, Holubsti, os charutinhos de repolho e o trigo doce, chamado pelos ucranianos de Kutiá.