Professor egresso da Uniguaçu fará Doutorado na Irlanda

13 dez

O curso de Medicina Veterinária realizou na manhã da quarta-feira, 11, uma despedida e homenagem ao professor Maurício Civiero, que ficará seis meses na Irlanda realizando seu Doutorado.

Ao longo da sua trajetória dentro da Uniguaçu, Maurício conquistou muitas coisas. Ele se graduou em Medicina Veterinária, realizou especialização, se tornou professor, iniciou a graduação em Agronomia e realizou um Mestrado.

Ele vai fazer o Doutorado com uma meta-nálise, realizada sobre ingestão de matéria seca de vacas criadas a pasto. Será a continuação de um trabalho que ele já conduz, analisando toda a questão de ingestão de matéria seca, emissão de metano e produção de leite. Uma parte do doutorado será na Agri-Food and Bioscienses Institute (AFBI) na Irlanda do Norte, onde ficará na cidade de Hillsborough, a 20 quilômetros de Belfast, capital da Irlanda do Norte.

Segundo o coordenador do curso, professor João Estevão Sebben, a ausência de Maurício será muito sentida, pois todos sabem da sua história e a trajetória para chegar até esta conquista. “Ele é uma pessoa muito humilde, que veio de uma cidade chamada Macieira (SC). Ele nunca perdeu suas raízes e tradições, continua sendo uma pessoa muito querida por todos.”

Além do coordenador do curso, o Pró-reitor Acadêmico, professor Atilio Agustinho Matozzo, juntamente com o professor Ivan Hennrich, também falaram um pouco sobre a convivência e a trajetória de Maurício dentro da Instituição, mostrando como a Uniguaçu transforma pessoas e realidades. Vale ressaltar que parte do colegiado de Medicina Veterinária da Uniguaçu é composto por egressos da Uniguaçu, como Maurício, que concluíram suas especializações, mestrados e doutorados e começaram a atuar no ensino superior.

Para Maurício o sentindo é de gratidão eterna pela Uniguaçu, pois sempre foi bem acolhido. “A Uniguaçu me auxiliou em todas as etapas. Hoje tenho duas graduações, um mestrado e um quase doutorado, e é ao lado da Uniguaçu que eu quero voltar a lecionar. Já dou aula a 4 anos e fico feliz pelo carinho de todos os professores e dos alunos. Ver as pessoas que eu admiro, que me deram aula e hoje são meus colegas de trabalho me homenageando, só me traz o sentimento de gratidão. A gente nunca pode esquecer de quem nos ajudou nessas etapas e eles sempre serão meus mestres. Toda essa minha trajetória foi junto com a Uniguaçu!”