Uniguaçu está com inscrições abertas para o Projeto Rondon

23 out

Os acadêmicos que desejam participar podem preencher a ficha de inscrição propondo a execução da ação escolhida

 

O Centro Universitário Vale do Iguaçu participará em 2020 do Projeto Rondon, que visa contribuir com o desenvolvimento local sustentável e na construção e promoção da cidadania. As operações do Projeto Rondon são realizadas em janeiro e julho de cada ano, sendo que cada Instituição de Ensino Superior (IES) contempla um local e tem um período para a realização da operação e das ações a serem desenvolvidas dentro do cronograma pré-selecionado.

A Operação “Yaguaru” acontecerá entre os dias 16 de janeiro e 2 de fevereiro de 2020, no município de Santa Lúcia (PR) e terá como Centro Regional (CR) a cidade de Cascavel (PR). Além de trazer melhorias para o bem-estar social e a capacitação da gestão pública, o Projeto Rondon busca também consolidar no universitário brasileiro o sentido de responsabilidade social, coletiva, em prol da cidadania, do desenvolvimento e da defesa dos interesses nacionais, contribuindo na sua formação acadêmica e proporcionando-lhe o conhecimento da realidade brasileira.

Poderão participar do processo seletivo, para as operações 2019/2020, os acadêmicos regularmente matriculados, que estejam cursando a segunda metade do curso de graduação. As inscrições vão até dia 1º de novembro e o aluno interessado em participar do processo seletivo deverá se inscrever na Secretaria Acadêmica da Uniguaçu. Após o preenchimento da ficha o aluno receberá protocolo de inscrição

A ficha de inscrição deve ser totalmente preenchida para que haja a homologação. Ao todo, serão desenvolvidas oito ações na Operação “Yaguaru”, sendo que para cada ação haverá um aluno executando o projeto conforme seleção na sua área de conhecimento. Os alunos selecionados participarão de uma capacitação para refinamento do Projeto e preparação para a viagem, com data e local a ser determinado pela Comissão Organizadora do Projeto Rondon do Centro Universitário Vale do Iguaçu.

Para a Reitora da Uniguaçu, professora Marta Borges Maia, poder participar de um projeto com este cunho é de grande valia para a Instituição e para os acadêmicos. “Estamos felizes com esta participação. Para os acadêmicos que participarão com certeza a experiência e a oportunidade serão únicas. Além de desenvolver as habilidades acadêmicas, os participantes se tornam mais críticos e patriotas, adquirindo mais conhecimento no local onde for executar sua ação”.

 

Processo de Participação

Para participar do Projeto deve haver um estudo dos municípios, de qual a necessidade da região, propondo quais ações podem ser feitas para melhorar a qualidade de vida. As propostas de trabalho enviadas são submetidas à Comissão de Avaliação de Propostas de Trabalho do Projeto Rondon – CAPPR, que avalia e seleciona os melhores trabalhos. Após a seleção, a Coordenação-Geral do Projeto Rondon divulga a relação das IES selecionadas com a designação dos respectivos municípios onde serão desenvolvidos os trabalhos.

Segundo o Presidente da Comissão Organizadora e Reguladora do Processo de Seleção para Participação do Projeto Rondon, professor André Weizmann, está é uma oportunidade inexplicável. “Foi realizado o estudo dos municípios para então mandarmos as propostas das necessidades do local. Estamos ansiosos para compor a equipe e colocar em prática todo o trabalho já planejado para o Projeto Rondon.”

 

Confira o edital e a ficha de inscrição.

 

Serviço:

Projeto Rondon

Inscrições: até 1º de novembro

Homologação: 2 de novembro

Escolha e classificação dos participantes: 6 de novembro